Escolhido pelos Irmãos, entre três belos hinos apresentados,
na Sessão de 24 de agosto de 2005.

Para escutar, clique aqui. Para acompanhar a letra, volte a aba anterior.


   Obreiros da liberdade,
   mostremos nosso valor
   julgados pela humanidade,
   entreguemos nosso amor.


   Reunidos em Loja aberta,
   somos todos sempre iguais
   mantenhamos sempre alerta,
   trabalhando sempre mais e mais.


      Fraternidade, Fundadora,
      teu passado nos orgulha
      o presente é a fagulha,
      que nos toma e nos clama.


      Fraternidade, Fundadora,
      teu passado nos orgulha
      o presente é a fagulha,
      para o futuro que nos chama.


   Lojas Honra e Humanidade,
   Rio Branco e Lealdade
   Unidas nesta entidade,
   que agora é Fraternidade.


   Tua Carta Constitutiva,
   por mãos sempre passada,
   Pura e Limpa será levada
   e aos final dos tempos chegará.